Vinhos de luxo – O prestígio conquista-se

Luxo. Sinónimo de qualidade, requinte, elegância, soberba. Qualidade do que é extraordinário e superior. Raridade. Algo que pela complexidade, morosidade e até imprevisibilidade, dificuldade ou rareza da sua obtenção, produção ou fabrico merece especial apreço. Único, distintivo, incomparável ou familiar de um grupo restrito que reúne características de exceção. Tudo isto é luxo e a tudo isto acresce o apreço, amor e desejo que se coloca em algo. Algo cuja vontade de experimentar, ter ou usufruir se valoriza acima de tudo o resto.

Tudo começa na terra, na uva e no Homem

Nesta ampla e rica categoria de requinte se incluem os vinhos de luxo. Um patamar de eleitos onde se manuseiam com mestria características ímpares e singularidades difíceis ou impossíveis de reproduzir ou equiparar. Vinhos de luxo são vinhos escassos, exuberantes, oriundos de uma reconhecida fonte de qualidade, provenientes de matéria-prima de inquestionável superioridade, de um produtor de exceção, dedicado na ‘confeção’ de sabores únicos, complexos, requintados e irrepetíveis. Premium, ultrapremium e luxo são designações que auferem selos de qualidade e excecionalidade a vinhos icónicos, resultado de microproduções trabalhadas a dedo, colheitas de rara qualidade e milagrosas alquimias. Tudo isto sem esquecer os caprichos meteorológicos de determinado ano. Uma manta de retalhos, um intrincado puzzle em que tudo deu certo e onde não faltam outras riquezas: o amor e paixão do artesão, a habilidade da mão transformadora e até uma quase intervenção divina, ou algo de tão louvável que assim se perceciona.

Um caso de alta-costura

O verdadeiro segmento dos vinhos de luxo mede-se por rigorosos parâmetros de qualidade, em que se inserem os vinhos Julia Kemper, nascidos no Dão e da paixão. Paixão pela terra, pela vinha, pela vinicultura e pela vitivinicultura. A riqueza de um vinho, ou de determinada produção, desenha-se, desde logo, na qualidade da uva, nas características das castas, no toque de midas do terroir, na intuição humana aquando do seu manuseamento, no conhecimento de experiência feito que determina quando colher e em que moldes, nas técnicas de produção e no conhecimento certeiro na adega.

Vinhos de luxo são a alta-costura da produção vinícola, aproximam-se do artesanato, aos quais se atribuem singularidades valorizadas e de exceção, como a dedicação, o conhecimento profundo do métier, o tempo de execução que exigem e o aprimoramento apaixonado de cada detalhe. Os vinhos Julia Kemper encaixam neste laborioso e meticuloso conceito de exclusividade e prestígio. Eles nascem deste saber fazer, com recurso a metodologias amigas do ambiente que são o garante de uma agricultura sustentável. Mais do que isso, são o produto de toda uma filosofia de respeito e partilha igualitária com o meio, o qual se venera ao ponto de se optar genuína e conscientemente por uma agricultura natural, essencialmente biológica e biodinâmica, onde todos os elementos são chamados a intervir. A eles soma Julia Kemper mais de 400 anos de tradição familiar no conhecimento da terra, da uva e do vinho.

O luxo conquista-se

A qualidade é um fator subjetivo, uma avaliação pessoal, um resultado sensorial, que se testa no palato, dirão alguns. Também é isso, mas sem os ingredientes certos, e sem que cada um deles se situe no patamar mais elevado, dificilmente se alcança esse desejado desfecho. Segundo os entendidos e os amantes, que o vinho é dado a paixões, há critérios base que definem a catalogação de vinhos de luxo. Harmonia, equilíbrio, complexidade e capacidade de envelhecimento são traços distintivos destes vinhos ricos, tidos, por isso mesmo, como extraordinários, dignos de momentos tão excecionais quanto as qualidades que se lhes reconhecem.

Não se pode simplesmente reclamar o título de vinho de luxo, e apregoá-lo ou impô-lo à priori. Luxo é uma designação que o vinho conquista junto dos seus pares e dos entendidos. E no que toca a conquistas e prestígio, os vinhos Julia Kemper somam e seguem nos rankings dos melhores do mundo. E esse é um luxo acrescido.


Gostou deste artigo? Partilhe-o com os seus amigos!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top

Confirme a sua idade

Tem idade legal para consumo de bebidas alcoólicas?